sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Leite de búfala

Originários da Ásia, os búfalos foram trazidos para o Brasil em um barco que aportou na ilha de Marajó (PA), há aproximadamente 123 anos atrás.

Os bubalinos são dóceis e se adaptam muito bem às diferentes condições ambientais, o que possibilitou ao Brasil utilizar esses animais na produção de leite e carne para o consumo humano. O leite desses animais é destinado principalmente à produção de queijo tipo “Muzzarrella”.

A produção de leite de búfala no nosso país tem crescido consideravelmente. Para se ter uma ideia, o ano de 2013 fechou com aproximadamente 20% de aumento comparado com o ano anterior.

Quando comparado ao leite de vaca apresenta algumas diferenças, pois contem maiores teores de proteína, gordura, minerais como o cálcio e fósforo, bem como teores mais elevados de lactose. Outra característica é a ausência de β-caroteno (responsável pela coloração amarelada no leite de vaca) o que confere a esse leite uma coloração branca peculiar.

Foto: Reprodução.

Curiosidades:
A Associação Brasileira de Criadores de Búfalos (A.B.C.B) completou 54 anos em abril deste ano.

As búfalas produzem 70% do leite consumido na Índia (segundo país mais populoso do mundo).

Nos anos de 2001 à 2005 o consumo de laticínios feito com leite de búfala cresceu 135% no Brasil, segundo a A.B.C.B.


quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Sapoti, um saboroso fruto

O sapotizeiro é uma frutífera reconhecida principalmente pelo seu delicioso sabor adocicado, sendo consumido in natura ou na forma de doces. O fruto contém as vitaminas A, B1, B2 e C, além do cálcio, fosforo e ferro.

Foto: SaudeDica

O sapoti é originário da América Central, provavelmente do Sul do México. No Brasil, é encontrado principalmente nas regiões Norte e Nordeste, em razão do seu clima tropical.

A fina casca varia da coloração castanho a marrom e a polpa é amarelada. Sua forma pode ser ovalada, arredondada ou mais comprida do que larga. No Nordeste do Brasil, os frutos de forma oval são chamados de sapoti e os arredondados de sapota, uma vez que são semelhantes porque pertencem a mesma família.

Por se tratar de um fruto muito perecível várias formas de conservação têm sido estudadas, buscando aumentar sua vida pós-colheita.

Mais uma fruta pra gente incluir no cardápio, o que acham?